…química que corre

…química que corre pelas veias invisíveis, de almas que se sentem
Sinto de mais
Assim sou
Assim vivo na ilusão dos corpos físicos
Sentindo a luz que somos
O amor que nos criou
A bênção de nos tocarmos na mais elevada vibração que posso sentir
Sinto como se ainda fosses uma camada de mim
Sentir tão delicadamente a tua vibração após o teu êxtase, deixa-me petrificada
Como se uma corrente eléctrica se apoderasse tão subtilmente por todo o meu ser
Privilegiada sou por tanto pormenor sentir
Até ao átomo toco e amo sem fim
Parece loucura, mas é amor
Obrigada vida por estes encontros tão raros
Tão preciosos
Tão cheios de vida
Que me enraízam
Que me fazem sentir viva, por poder amar até ao infinito da alma
E sentir a magnificência de dois corpos que se tornam num só no mais majestoso acto da criação
Onde os sons, libertados pelo prazer da química, percorrem as linhas etéricas que conduzem ao florir das pétalas dos centros que energizam o que Somos, são a verdadeira manifestação divina…
foto
 Imagem: Porto – Portugal
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s